Dia Nacional: Exames endoscópicos contribuem para o diagnóstico de câncer

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a endoscopia digestiva alta não se limita a confirmar diagnósticos de refluxos e úlceras. Esse tipo de exame é um importante aliado na detecção precoce dos cânceres de esôfago e estômago e, segundo especialistas, é recomendado a partir dos 40 anos de idade.

“A endoscopia digestiva alta é o exame mais acurado para identificar tumores gástricos malignos no estágio precoce e qualquer indivíduo acima de 40 anos deveria fazer esse exame para rastreamento de cânceres gástricos, mesmo aqueles não apresentam sintomas ou histórico familiar da doença”, explica Dr. Roberto Barreto, médico gastroenterologista e endoscopista.

A indicação para realizar a endoscopia nessa faixa etária está diretamente relacionada à possibilidade de tratar e até curar a doença antes que ela se desenvolva. Quando identificado estágio inicial, a endoscopia permite a remoção do tumor por meio de uma técnica chamada dissecção endoscópica da submucosa.

“É uma maneira minimamente invasiva de curar a doença e feita de forma ambulatorial. Mas para isso o tumor maligno deve ser detectado bem no início”, alerta o endoscopista.

Já a colonoscopia é o padrão ouro para o diagnóstico do câncer de cólon e reto de acordo com o gastroenterologista e endoscopista Roberto Barreto, que é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia em Mato Grosso (Sobed/MT).

Barreto destaca que essa forma de tumor tem atingido cada vez pessoas mais jovens e os dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que esse ano, no Brasil, vão ser registrados mais de 34 mil novos casos.

“As sociedades de endoscopia, de proctologia, de câncer, de uma maneira geral, recomendam que a primeira colonoscopia seja feita a partir dos 50 anos, no Brasil e em grande parte do mundo. Nos Estados Unidos os critérios mudaram, lá é a partir dos 45 anos. Foi observado um crescimento da população a partir de 40 anos com câncer de intestino. Esses critérios também podem mudar no Brasil”, comenta o médico.

Dia Nacional

Neste dia 27 de novembro é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Câncer. A campanha, que é uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional do Câncer (Inca), tem como tema em 2020 a segurança na cirurgia oncológica e traz como slogan “O momento certo é agora. Não adie. Faça o tratamento oncológico.”

A ação tem como objetivo reforçar que as cirurgias oncológicas realizadas em centros habilitados em oncologia e por equipes treinadas oferecem a segurança necessária tanto para o controle do câncer (e qualidade de vida do paciente) quanto para a proteção contra o novo coronavírus.

Além disso, devido ao cenário da pandemia do novo coronavírus, observou-se a redução do acesso ao tratamento oncológico, incluindo procedimentos cirúrgicos.

Deixe um comentário